Regional de Juiz de Fora capacita municípios sobre Notificação dos Agravos

A Regional de Saúde de Juiz de Fora recebeu nos dias 16 e 17/05 as referências Técnicas da Saúde do Trabalhador dos 37 municípios de sua jurisdição para a capacitação no Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN. O objetivo foi capacitar os municípios para ampliação e melhoria da qualidade das notificações, como forma de assegurar a implantação das ações numa perspectiva regional, contribuindo assim com a Política Estadual da Saúde do Trabalhador.

Créditos: Adriana Mendes

O treinamento foi conduzido pela referência Técnica da Vigilância da Saúde do Trabalhador da Regional de Saúde de Juiz de Fora, Shirley Santana, pela gerente do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) em Juiz de Fora, Miriam Monteiro, e também pela referência Técnica do Departamento de Vigilância da Saúde do Trabalhador do município de Juiz de Fora, Valéria Maria Santos Rocha. Para Shirley Santana, essa capacitação acontece motivada pela necessidade de aprimorar as informações dos agravos, buscando a melhoria da qualidade das notificações e o fortalecimento da Vigilância da Saúde do Trabalhador. “Essa demanda foi um dos pontos identificados pela equipe regional na avaliação do Programa de Monitoramento das Ações de Vigilância em Saúde – ProMAVS. A completude dos campos da ficha de notificação e investigação dos agravos é essencial para conhecer o perfil do trabalhador e planejar suas ações”, reforçou.

Segundo Miriam Monteiro, essa capacitação é um suporte técnico às equipes de saúde dos municípios, sendo uma das competências do Cerest. “A participação dos profissionais é de extrema importância para que eles executem de forma qualificada as ações de Saúde do Trabalhador. Entre elas, está a notificação e informação dos agravos de saúde relacionadas ao trabalho,” destacou a gerente do Cerest em Juiz de Fora.

Extraído de: Secretaria de Saúde de Minas Gerais