SES-MG entrega novos leitos de UTI em Barbacena e São João Del Rei

Com vistas ao fortalecimento técnico operacional e atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS-MG), foram inaugurados, nesta terça-feira (27/03), onze leitos de UTI na Região Ampliada de Saúde Centro-Sul. Desses, sete no Hospital Ibiapaba/CEBAMS em Barbacena e quatro leitos no Hospital Nossa Senhora das Mercês em São João Del Rei, que estão sendo custeados pelo Estado de Minas Gerais até que sejam habilitados pelo Ministério da Saúde.

Crédito: Priscila Rezende

As solenidades contaram com a presença do Subsecretário de Políticas e Ações de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Homero Filho, além de deputados, prefeitos, Superintendentes e Gerentes Regionais de Saúde, entre outras autoridades.

Em Barbacena, também foi inaugurada a obra da Unidade Intensiva no Hospital Ibiapaba/CEBAMS, que abrange os sete leitos que serão implementados de imediato e ainda conta com a capacidade para ampliação de até 15 leitos. Na ocasião, o Subsecretário e demais convidados também puderam visitar a obra que abrigará as futuras instalações do Centro de Atendimento Multiprofissional aos Portadores de Câncer de Barbacena e região, cuja construção é anexa ao terreno do Hospital Ibiapaba/CEBAMS.

Em Barbacena, os atos ocorreram na parte da manhã e, em seguida, a comitiva do Subsecretário e demais autoridades seguiu para São João Del Rei para a outra solenidade de inauguração.

O Hospital Ibiapaba/CEBAMS de Barbacena é referência em Alta Complexidade Cardiológica Intervencionista, Cirurgias Cardíacas e Vasculares e também na Oncologia e Cirurgia Oncológica, atendendo diariamente pacientes encaminhados de toda macrorregião Centro-Sul. E o Hospital Nossa Senhora das Mercês é referência regional na Rede Resposta Hospitalar as Urgências e Emergências e atua com serviços diagnósticos, cirurgias, hemoterapia, transplantes e estabilização de pacientes em estado grave e crítico.

Representando o Governador Fernando Pimentel e o Secretário de Estado de Saúde Nalton da Cruz, o Subsecretário de Políticas e Ações de Saúde da SES-MG, Homero Filho, destacou a sensibilidade dos mesmos para o atendimento da demanda da região e enfatizou a importância da entrega dos leitos para a população da macrorregião. “Apesar da dificuldade financeira que o estado passa, estamos promovendo a implantação e financiamento desses leitos até que o Ministério da Saúde habilite. Importante dizer que isso vai representar uma soma de cerca de R$ 2 milhões de reais por ano até que o ministério habilite. E são leitos aqui em Barbacena e também em São João Del Rei para atender toda a demanda da Centro-Sul, o que mostra a sensibilidade do estado para atender a região que, desde 2005, não havia recebido nenhuma inauguração leito SUS. Então prara nós é muito importante trazer o resultado do nosso esforço”, afirmou.

Crédito: Priscila Rezende

O Subsecretário Homero Filho destacou, ainda, o empenho do estado na resolutividade dos problemas na saúde, mesmo com a crise financeira. “A despeito da crise e das dificuldades que temos passado, o estado olha para aquilo que precisa ser investido de maneira mais estratégica. Toda a comunidade aqui de Barbacena e região está de parabéns por essa conquista, porque sei que assim a gente diminui o déficit de leitos de CTI da região e atende de maneira geral à população”, disse.

De acordo com o Superintendente Regional de Saúde de Barbacena, Robson Vidigal, esse foi um importante ganho para a região: “Todos os dias enfrentamos o desafio de garantir vagas para pacientes que necessitam de UTI. No SUS-Fácil, temos uma demanda média diária de 16 pacientes todos os dias esperando uma vaga de CTI, então ao conseguirmos esses 11 leitos, temos um grande alívio e a gratificação em saber que poderão oferecer uma melhor assistência à saúde de nossa população”, explicou.

Para a manutenção das UTIs, o Governo de Minas irá investir, em recursos estaduais, cerca de R$ 143 mil por mês, representando um valor anual de R$ 1,7 milhão, até sair a habilitação por parte do Ministério da Saúde. A inauguração representa um aumento na cobertura do atendimento, pois, desde 2005, não há expansão de leitos na região.

Os leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) estão previstos no plano de ação da Rede de Atenção às Urgências, aprovado pela Deliberação CIB-SUS/MG nº1669 de 01/10/2013 e Portaria GM/MS nº 1789 de 25/08/2014.

Extraído de: Secretaria de Saúde de Minas Gerais